Cronograma de Atividades da Greve – Período de 23/04 à 24/04

2af – 23/04

11h – reunião extraordinária da Congregação. Pauta: “Casos estudantis” [acerca dos processos judiciais e policiais contra estudantes] Local: Sala 8 do campus Guarulhos

12h30 – Reunião da comissão de segurança – PIQUETES

14:00h – Início do planejamento e construção da Horta, próximo ao barracão.

15h – Cine-debate. Cine-Marx. “O apito da panela de pressão”

17h – Encontro de Alunos que são Professores.  Local: pátio central.

19h – Filmagem do Ato e avaliação da passeata. Debate sobre a repressão contra o movimento grevista

22h – Inauguração do “espaço de vivência Carlos Marighella”

3af – 24/04

15h – Construção do bolchevão: quadra poliesportiva na UNIFESP

17h – Debate sobre a abertura dos arquivos da Ditadura Militar c/ Angela Almeida, do grupo Tortura Nunca Mais e Coletivo Merlino

19h – Plenária Aberta do Comando de Greve

17 thoughts on “Cronograma de Atividades da Greve – Período de 23/04 à 24/04

    • Para um pessoa que costuma dizer que o blog do movimento não representa os estudantes, você aproveita MUITO esse espaço para fazer divulgação do seu pseudo movimento contra-greve.

      É patético que você precise vir aqui para obter a atenção dos estudantes.
      Aliás, totalmente compreensível, dada a legitimidade da ação de vocês.

    • Nossa Marcelo, deprimente…chega a dar dó, não é nem raiva, é pena mesmo!
      Como uma pessoa se dá ao TRABALHO de fazer esse tipo de boicote patético e infantil a favor da Reitoria?!
      Me da dó, de verdade! Porquê eu estou no último ano, ainda estou na luta, mas ano que vem estou fora da UNIFESP e de todos esses pepinos…já você, meu caro, tem mais no MÍNIMO 4 anos pelos Pimentas. Até lá, vai dar pra sentir na pele tudo que a gente passa no dia a dia, todo o descaso da nossa Reitoria com os alunos, toda a merda que a gente tem que engolir, todos os perrengues que a gente tem que passar, vai se sentir um verdadeiro palhaço, sentirá vontade de desistir do curso – em virtude de tamanhas dificuldades – e vai perceber que TODA essa merda que você passa cotidianamente é por falta de vergonha na cara de nossos administradores ladrões, que poderiam resolver nossos problemas de formas rápidas e eficazes, mas não o fazem!
      E depois que você passar por tudo isso, amigo, quando você finalmente perceber que aquela tal de UNIFESP não anda sem pressão e que é muito difícil (infelizmente) mobilizar sem paralisar, você vai se arrepender TANTO mas TANTO de ter gastado toda essa energia a favor de seus inimigos, que o único que poderá fazer será se lamentar…
      Escreva e guarde o que te falo…pois isso, infelizmente, VAI acontecer!

  1. Esse Pseudo Marcelo é um alienígina, ou melhor pode ser tb o cazuza, com certeza é um ser de outro mundo! o mundo do Reitor onde tudo esta bem….

    • ganhei um clone…mas está errado, sou sem noção não de outro mundo. Percebo que temos problemas toda vez que vou ao banheiro e vejo que não tem trinca na porta…mas o “movimento salvador” ainda está longe de nos ajudar. Se preocupam antes com os holofotes da mida e em inventar uma greve fictícia de proporções homéricas. Continuo propondo a todos a retirada dos piquetes e o retorno ao diálogo e trabalho coletivo, pois já faz um tempo que só fazemos é humilhar professores, reitoria e estudantes contrários. Apesar da diferença de opiniões não busco o conflito mas mostrar um outro lado, as vezes cômico, as vezes triste do que vem acontecendo…por mais solitário que isso possa ser nessa situação, mesmo assim não me escondo atras de pseudônimos. Minha cara e meu nome estão comigo, não preciso me esconder para dizer alguma coisa.

      Mamãe sem noção manda lembranças irmãozinho.

  2. Olha, gostaria de saber o horário e o dia da próxima assembleia geral, por favor, desculpe a falta de informação da minha parte, geralmente eu acompanhava pelo calendário da greve que abrangia a semana toda, desta vez esse tipo de informação não consta. Obrigada

    • Íris, o calendário da semana ainda não foi aprovado, teremos a plenária aberta, em que as comissões, levam as propostas de calendário e o pessoal também sugere atividades, para votarmos nessa terça-feira (24/04) as 19:00hrs. Só então poderemos divulgar alguma informação quanto o calendário do resto da semana.

  3. E o cronograma é íncrivel, pena que eu só chego depois que tudo já acabou e morri por não assistir nenhuma palestra, filme e discussão.

  4. “Patético”, “deprimente”, “dar pena”: esses são os termos usados pela democratíssima greve da Unifesp para se referir aos que são contrários a ela. Leio o blog e percebo que não houve nenhum avanço. Mais uma vez, o fantasma do fracasso de 2010 ronda o Comando de Greve. Estão começando a apelar para termos chulos. Cada vez mais está fincada a bandeira de que só sob greve se discute, se dialoga, se conversa. Rumo à bancarrota! E agora querem legitimar o movimento estudantil como um movimento de ultra-esquerda (“bolchevão”, “CC Carlos Marighella”, nomes aprovados sem discussão). Não há liberdade de pensamento e de ideologia numa universidade de Humanas! Assim te tratam por e-mail, assim te tratam nas Assembleias. É preciso um forte movimento anti-grevista para restabelecer o diálogo racional da Unifesp com o mundo.

    • Tem o meu apoio! E tomara que chova comentários contra esse ridículo, ilegítimo e tirânico “Comando de Greve”.

  5. a única coisa que se salva ali é o “17h – Encontro de Alunos que são Professores”, de resto, mais parece atividade para quem cumpre pena em regime semiaberto.

  6. Primeiramente,
    Quem teve a oportunidade de falar comigo sabe que eu não acho os alunos contrários a greve meus inimigos, somente porque eu estou “grevista”, e que eu converso com todo mundo que esteja aberto ao diálogo. Sendo assim, ninguém precisa ler meu post como se eu estivesse degladiando com vocês, porque não estou.

    Todo mundo fala do comando de greve como se fosse um grupo de alunos específicos. Entretanto, para aqueles que não sabem ou aqueles que esqueceram, o comando de greve nada mais é do que uma reunião em que os alunos favoráveis a greve comparecem e discutem, deliberam, brigam, sugerem enfim …, ou seja, o comando de greve, diferentemente de 2010, é ABERTO.

    Pelo menos assim o era até o meio da semana passada!!!

    Tem coisas que vcs dizem que foi o comando de greve que fez, que determinou, que nem ao menos foi discutido nele. Quer dizer, fica parecendo que vocês não conheceram a dinâmica que se deu durante esses dias no campus, e que não conheceram as reuniões mais importantes para tocar a greve: as reuniões do comando de greve.

    Diante dessa impressão, as argumentações de vcs caem no vazio, tornando-se simplesmente ataques e não críticas. E daí vcs se tornam muito parecidos com aqueles que vcs criticam.

    • A greve começa a perder o sentido. A fragmentação do comando em organizadas comissões não surtiu o efeito desejado. Eventos artísticos separados de eventos políticos; pautas que consideram apenas o resultado sem antever como chegar a ele; o campus vazio, sem adesão dos alunos; uma greve, enfim, mais uma vez, mal discutida, mal planejada, ocorrida em momento errado. Flagrante isso é o calendário sempre definido às pressas, toda semana. Admiro os que querem defender a todo custo, de qualquer forma, uma greve suicida – mostra brio. Mas suicidamente, acabou.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s